Início Cidades Nazista é visto com suástica no braço em bar em Unaí (MG).

Nazista é visto com suástica no braço em bar em Unaí (MG).

Homem utilizando uma braçadeira com o símbolo da suástica nazista foi fotografado no último sábado

139
homem com braçadeira do nazismo em minas

A cena de nazismo foi vista em Unaí, um homem utilizando uma braçadeira com o símbolo da suástica nazista foi fotografado no último sábado (14) em um bar na cidade de Unaí, região Noroeste de Minhas Gerais. Até o momento, ele não foi identificado.

A foto foi publicada por um jornalista em sua conta no Twitter, provocando revolta entre os internautas. Até 16h de domingo (15), a imagem já havia sido compartilhada por 1.300 perfis. 

O caso ocorreu no bar Booteco, localizado no centro da cidade. A informação foi confirmada por uma funcionária do local, que não soube dizer se o fato gerou tumulto pois não estava trabalhando no momento em que aconteceu, conforme declaração.

O que diz o estabelecimento

Em nota divulgada em suas redes sociais nesta tarde, o estabelecimento informou que repudia qualquer tipo de violência e discriminação. “Nós do Booteco prezamos pela vida; não damos suporte a discriminação. E qualquer tipo de violência contra qualquer ser humano será por nós reprimida.⠀O ocorrido ontem foi resolvido da melhor forma possível, por agentes policiais (sem violência) e sob a égide da lei”.⠀

Vídeos divulgados na internet mostram a presença de agentes da Polícia Militar (PM) do lado de fora do bar na noite de sábado. porém, ele não teria sido abordado.

Apesar de comparecer ao local, a PM informou que não foi registrada nenhuma ocorrência acerca do fato. Ao mesmo tempo a Polícia Civil não recebeu nenhuma denúncia sobre o caso.

Em suas redes sociais, o deputado federal do Rio de Janeiro, David Miranda (PSOL) publicou o vídeo em que aparece os militares e também fez uma crítica à atuação da polícia mineira.

deputado federal do Rio de Janeiro, David Miranda (PSOL)

“A PM de Minas quando indagada sobre quais providências havia tomado a respeito declarou que não havia registro de ocorrência deste tipo. A apologia ao nazismo é crime em nosso país, ao que tudo indica, a polícia esteve no local em que um homem praticava esse crime e nada fez. A PM de Minas Gerais deve explicações sobre esse fato”.

O Crime

Aqui no Brasil, a apologia ao nazismo é crime, bem como qualquer tipo de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. 

A lei 7.716/89 prevê prisão de dois a cinco anos, além de multa, para quem “fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo”.

Por este motivo, a PM deveria te-lo conduzido para a delegacia onde seria autuado conforme a lei.

Veja o momento em que a PM chega ao bar